Este mundo – Ida Vitale

Inúmeras mulheres levaram as letras em seu sangue
e também o derramaram por elas.
(Mulheres de Letras)

Ida Vitale está na tradição das vanguarda históricas latino-americanas. É representante de uma poesia essencialista. Sua obra é caracterizada por poemas curtos, pela busca de sentido das palavras e por um caráter metaliterário. Por ter uma vida extensa, é uma testemunha excepcional da história da América Latina e sua literatura.

Este mundo

Ida Vitale
Tradução: Débora Zacharias

Só aceito este mundo iluminado,
certo, inconstante, meu.
Só exalto seu eterno labirinto
e sua segura luz, mesmo que se esconda.
Acordada ou entre sonhos,
sua grave terra piso
e é sua paciência em mim
o que floresce.
Tem um círculo surdo,
limbo acaso,
onde às cegas aguardo
a chuva, o fogo
desencadeados.
Às vezes sua luz muda,
é o inferno;
às vezes, raras vezes,
o paraíso.
Alguém poderá talvez
entreabrir portas,
ver além
promessas, sucessões.
Eu só nele habito,
dele espero
e há assombro suficiente.
Nele estou,
me contenha,
renascesse.

Fonte: Este mundo
Mujeres Notables

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s