Embalando

Gabriela Mistral
Tradução: Débora Zacharias

O mar suas milhares de ondas
embala, divino.
Ouvindo os mares amantes,
embalo meu menino.
O vento errante na noite
embala os trigos.
Ouvindo os ventos amantes,
embalo meu menino.
Deus Pai seus milhares de mundos
embala sem ruído.
Sentindo a sua mão na sombra
embalo meu menino.